PUBLICIDADE
Topo

Jovem organiza correria para pegar ônibus com app e diminui sua ansiedade

Quebrada Tech

04/12/2019 04h00

O estudante Gerson Abad verifica no app a localização da linha de ônibus que ele usa para ir e vir da faculdade (Foto: Tamires Rodrigues)

Jovem da periferia que depende do transporte público adota app de mobilidade urbana para agilizar sua vida e ainda reduz a sensação de ansiedade

Por Tamires Rodrigues

A jornada dupla e muitas vezes tripla dos moradores que vivem nas periferias de São Paulo se torna ainda mais cansativa quando eles não conseguem usufruir de um transporte público de qualidade. A espera infernal pelo ônibus de linhas que sofrem grandes atrasos ou o tempo gasto dentro dos coletivos, que gira em torno de 2 a 4 horas diárias, são desafios para os jovens da quebrada que têm que conciliar suas vidas profissional, acadêmica e familiar fazendo longos deslocamentos.

Atento aos impactos desse processo em seu cotidiano, o jovem Gerson Abad, morador do Jardim Coimbra, bairro localizado na zona sul da cidade, passou a utilizar algumas estratégias, como o uso de aplicativos de mobilidade urbana, que dá a possibilidade de chegar mais cedo em casa depois de uma longa jornada de trabalho e estudos para aproveitar melhor seu tempo com mais conforto e lazer.

A rotina profissional de Abad começa por volta das 9h na loja de seus pais, onde ela encerra as atividades às 16h. Então começa uma rotina de muita correria: toma banho, troca de roupa e segue para a faculdade. Mas para não chegar atrasado, ele calcula um trajeto que dura, em média, uma hora e meia, entre a quebrada e a faculdade.

O estudante de psicologia verifica atentamente no aplicativo Cadê o Ônibus se a linha do seu ônibus está se aproximando do ponto mais próximo de sua casa. Após se certificar que o coletivo está nas imediações, ele pega sua mochila, fone de ouvido e começa sua jornada, em busca do seu sonho em se tornar um psicólogo.

Abad argumenta que um dos maiores ganhos no seu dia-a-dia com o aplicativo é a redução de sua ansiedade, por ele poder acompanhar pelo celular onde o ônibus está e que horas irá chegar. Para ele, isso traz uma "sensação boa de controle". "Ficar esperando ônibus durante uma ou duas horas é horrível! Você vendo onde o ônibus está pelo aplicativo facilita muito. Você vai acompanhando e isso diminui muito [a ansiedade], sabe? Eu fico pensando: 'ah, tá lá na esquina, tá na outra esquina, tá a duas ruas daqui'."

Essa rotina acompanha Abad em quase todos os dias da semana. Segundo ele, mexer no aplicativo não é algo pontual, mas sim um hábito que faz parte do seu cotidiano. "Eu uso todos os dias, mesmo para os ônibus que eu já conheço. E eu não gravo horário de ônibus, outro motivo para eu usar o aplicativo", diz o universitário.

Gerson relembra que quando começou a mexer no aplicativo teve algumas dificuldades por não entender direito como a plataforma funcionava, com isso, ele começou a estudar como eram organizadas as linhas de ônibus. "No app você pode colocar o nome da linha ou o número da linha. Eu sempre procuro pelo número, porque tem muitos ônibus que podem ter o nome parecido", afirma.

Além da periferia historicamente sofrer pela falta de planejamento de mobilidade urbana na cidade de São Paulo, as adversidades do transporte público geram impactos nocivos à população. Um ato simples como saber onde o ônibus está ou que horas você irá chegar em casa já representa uma ajuda enorme. Para o estudante, o benefício veio na forma de melhor qualidade de vida.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre os autores

O Desenrola E Não Me Enrola é um coletivo de produção jornalística que atua a partir das periferias de São Paulo, investigando fatos invisíveis que geram grandes impactos sociais na vida dos moradores e moradoras dos territórios periféricos.

Sobre o Blog

Como a vida dos moradores das periferias vem sendo impactada pela revolução digital que transformou as relações sociais, econômicas, culturais e políticas? É isso que o coletivo de jornalismo Desenrola E Não Me Enrola vai contar aqui no blog, trazendo histórias diretamente de quebrada para você conhecer de maneira mais aprofundada esse contexto social que mescla recursos mobile, consumo, comportamento, redes sociais e inovação. Site: https://desenrolaenaomenrola.com.br/

Quebrada Tech